FANDOM


Família
DN-ch03-01
Informação do volume
Título original:

家族

Título brasileiro:

Família

Título Portugal:

Família

Publicadora:

JBC Flag of Brazil
Devir Manga Flag of Portugal.svg

Número de páginas:

25

Guia do volume
Capítulo anterior:

L

Próximo capítulo:

Eletricidade

Família (家族, Kazoku) é o terceiro capítulo de Death Note e o terceiro do primeiro volume.

SumárioEditar

DN-ch03-02-03

Os Deuses da Morte conversando sobre Ryuk e seu sumiço.

O capítulo começa com alguns Deuses da Morte conversando em seu mundo sobre Ryuk e o fato de ter deixado seu Death Note cair. Alguns especulavam a possibilidade de algum humano tê-lo pego antes, mas outros achavam que ele estava apenas perdendo tempo.

DN-ch03-05

Light conversando com Ryuk.

Enquanto isso na Terra, Ryuk e Light estavam no quarto do humano. Ryuk o questiona o por quê dele estar descansando e Light explica que estava pensando sobre o que a polícia faria em seguida. Ele diz que a mídia só fala do "detetive da Interpol L contra o assassino psíquico Kira", mas também diz que outras mídias reportam isso como uma tática da polícia de conseguir atenção ou algo do tipo, dizendo que Kira e L são inventados e que nada disso existe; Light então está tirando esse tempo para pensar melhor.

DN-ch03-08

Ryuk alerta Light sobre o perigo de um outro humano tocar o caderno.

Então, Sayu Yagami, irmã mais nova de Light, bate a porta do quarto pedindo ajuda na tarefa de casa da escola. Light esconde o caderno na cômoda e a deixa entrar, logo, Ryuk diz que é melhor ele tomar cuidado pois se alguém tocar o caderno, será possível ver o Deus da Morte. Light fica furioso em sua mente por Ryuk ter deixado tal detalha passar por tanto tempo. Por um momento, Sayu vê uma revista em baixo da cama de Light e o questiona se era por isso que ele estava tão confiante, e Light diz que estava lendo sobre L e Kira, e que um dia, será o diretor da agência nacional. Ryuk começa a entender sua confiança, mas até o Deus da Morte sabe que isso levará tempo, e continua se perguntando o por quê de Light estar tão calmo enquanto todas as autoridades do mundo o querem.

DN-ch03-10

L pensando sozinho.

DN-ch03-12

Os investigadores percebem o padrão das mortes.

Em outro local, L estava olhando pela janela, pensando sobre o por quê de Kira não o ter matado naquele dia na TV. Ele começa a formar uma teoria até que Watari avisa que os investigadores estão prontos. L se conecta com o prédio da polícia japonesa para começar relatórios das mortes e padrões delas. Um dos investigadores diz que as mortes ocorrem em padrões de horários, durante os dias de semana, são de 16:00 e 2:00 no horário do Japão, e nos fins de semana variam bastante. Após todos acabarem, Soichiro pergunta se alguém tem algo a mais para relatar e Matsuda revela que a taxa de criminalidade estava caindo e menos crimes acontecendo em todo o mundo nestes últimos dias, e todos ficam em silêncio. Antes de desligar, L pede a Unidade de Vítimas que verifiquem como as vítimas foram apresentadas na mídia, internet e etc., precisando saber se a foto dos suspeitos foram mostradas ou não.

DN-ch03-18

Soichiro Yagami chega na residência dos Yagami.

DN-ch03-21

Ryuk percebe de onde vêm a confiança de Light.

De volta a Light, ele termina de ajudar sua irmã e logo, seu pai chega em casa e é revelado que Soichiro Yagami, chefe da polícia japonesa em Kanto, Japão; era seu pai. Eles vão até a mesa jantar e conversam sobre seu dia-a-dia, e Ryuk percebe que a confiança de Light vêm do fato de que seu pai é um dos membros mais importantes da polícia japonesa, e chefe do grupo de investigação do caso Kira no Japão (já que L estabeleceu seu grupo em Kanto, Japão; e não há dúvidas quanto ao fato de Kira estar nessa região).

DN-ch03-23

Light explica seu novo plano a Ryuk.

DN-ch03-26

Light tenta um novo jeito de esconder o caderno.

Light então volta ao seu quarto e percebe que não só sabem que Kira está em Kanto, como sabem que ele é um estudante, e resolve mudar a hora das mortas as especificando para quando ele estiver na aula. No dia seguinte na agência, mais 23 morte de parada cardíaca e de uma em uma hora, o que supostamente quebraria o fato dele ser estudante, mas L acha que isso é proposital, chegando a conclusão que Kira escolhe a hora da morte e que tem informações da polícia japonesa. Enquanto isso com Light, ele percebe que está na hora de arranjar um esconderijo melhor para o caderno, e consegue criar um esquema para que apenas ele tenha acesso, e se outra pessoa o encontra, ele será incendiado, usando apenas sua gaveta da cômoda (e um mecanismo de abrir ela para que apenas aquele com conhecimento do caderno saiba como pegá-lo.

ConceitoEditar

O título do capítulo "Família" foi escolhido porque introduz o pai de Light, Soichiro e a irmã Sayu e mostra uma noite típica na casa de Yagami. Tsugumi Ohba também disse que "Família" foi escolhida porque Light afirmou que ele estaria disposto a matar membros de sua própria família se fosse necessário.