FANDOM


L
L(capítulo)
Informação do volume
Título original:

エル

Título brasileiro:

L

Título Portugal:

L

Publicadora:

JBC Flag of Brazil
Devir Manga Flag of Portugal.svg

Número de páginas:

29

Guia do volume
Capítulo anterior:

Tédio

Próximo capítulo:

Família

Mas eu, L, sou real! Então, por que não me mata?!
L

L (エル, Eru) é o segundo capítulo do mangá Death Note e o segundo do primeiro volume.

SumárioEditar

DEATH NOTE01 0059

Os policiais japoneses falam sobre L.

DEATH NOTE01 0060

Watari se apresenta.

O capítulo começa com a reunião da Interpol vista no capítulo anterior. Representantes da polícia federal de vários países e grandes agências como o FBI e a CIA estavam discutindo sobre as 52 mortes por paradas cardíacas sem explicação durante os últimos cinco dias. Após muito "bate-boca", um dos oficiais de polícia decide que, após todos fazerem comentários de que era impossível pegar esses suposto assassino (apesar de alguns ainda acharem ser coincidência) resolve que a melhor opção é chamar o "L". Todos voltam a discutir e um dos policiais japoneses, Touta Matsuda, pergunta ao seu superior Soichiro Yagami quem seria L. Soichiro explica ao novato que L é o maior detetive do mundo, ao longo do tempo ele foi contratado pela Interpol e outras agências pelo mundo para resolver crimes considerados impossíveis de serem solucionados.

Após um breve debate, um dos oficias diz que eles não sabiam contatar L (já que ele sempre apareceu e só pegava casos de seu interesse. Então, um homem misterioso de sobretudo adentra o salão revelando que L estava no caso; Matsuda mais uma vez questiona quem ele é e Soichiro diz que ele era Watari, a única pessoa que podia contactar L, apesar de ninguém saber seu paradeiro também. Watari solta o notebook e o posiciona para que L pudesse conversar com todos, e então diz que esses assassino é real e que precisaria da cooperação de todos para pegá-lo.

DEATH NOTE01 0062

Light voltando da escola com seus amigos (e Ryuk o seguindo como prometido).

DEATH NOTE01 0065

Light encontra um dos sites o apoiando.

Enquanto isso em outro local, um dia depois da reunião. Light é mostrado voltando da escola com seus amigos (e Ryuk o seguindo, e ninguém além de Light o via) comentando sobre a onda de assassinatos, e que eles, apesarem de sentir um pouco de medo, gostavam e se sentiam aliviados pelo fato de que pessoas ruins estavam morrendo. Então, Light chega em casa e liga seu computador, e acaba caindo em um site que falava sobre "Kira". Light diz a Ryuk que milhares de sites assim estavam aparecendo e que era assim (Kira) que estavam se referindo a "pessoa" ou "entidade" que estava punindo criminosos (apesar da mídia ainda achar que é uma "onda de assassinatos sem sentido"). Light explica a Ryuk que os humanos tentam manter as aparências em público, dizendo que matar pessoas é errado e etc., mas na internet, onde há o anonimato, elas podem expor seus reais pontos de vista, e mostra que na verdade as pessoas estavam o apoiando.

DEATH NOTE01 0068

Light se depara com Lind L. Tailor.

DEATH NOTE01 0074

L se revela.

Então, quando Light liga a televisão, ele vê a programação sendo interrompida para uma mensagem da Interpol, nessa mensagem, um homem chamado Lindo L. Tailor, que se dizia ser L, estava mandando uma mensagem global para a onda de assassinatos. Ele diz que essa pessoa, ou grupo de pessoas que se intitulam "Kira", realmente existem e manda várias críticas e ele. Ao ver isso, Light se descontrola e grita contra Lind L. Tailor pela TV, e o mata com o Death Note. Quando ele morre, uma mensagem aparece na tela e é revelado que Lind L. Tailor era uma isca para provar que Kira existe e sua localização. L de verdade aparece na TV (apenas sua letra "L" e sua voz modificada transmitindo a mensagem à Kira), ele diz que se impressionou ao fato de que Kira podia matar sem nem estar presente, e o desafia a matá-lo. Como Light não tinha seu rosto e nome, ele não pôde. Então ao ver sua segurança, L desafia Kira, dizendo que Lind L. Tailor era um criminoso condenado a morte (cujo teve a prisão secreta de qualquer mídia) e ele teve um trato (se concordasse em servir de isca e sobrevivesse, ele seria solto, se não, morreria de qualquer jeito). L também diz que a mensagem não é global, eles decidiram transmitir a mensagem somente no Japão, na região de Kanto (pela sua alta população).

DEATH NOTE01 0080

L e Light prometem um caçar o outro.

DEATH NOTE01 0081

Light promete vencer L.

Então é mostrado um flashback da conversa de L com a Interpol, onde ele pede a ajuda exclusiva da Força-Tarefa Japonesa, pois os primeiros casos de assassinato por parada cardíaca nos últimos cinco dias foram em sua maioria (principalmente no início) no Japão. L queria tentar ver se ele estava no Japão e por sorte ele conseguiu, e agora, declara guerra a Kira. Light é mostrado impressionado com L e sua determinação e ambos prometem caçar um ao outro, e novamente, Ryuk julga os humanos por serem "tão interessantes", já que nenhum dos dois sabe a identidade do outro, e travaram uma batalha cega até o primeiro "escorregar", e assim, morrer.

ConceitoEditar

Em Death Note 13: How to Read, Tsugumi Ohba afirma que ele selecionou "L" como o título do segundo capítulo porque ele queria estabelecer L como o segundo personagem principal. Ohba acrescentou que este é o único nome de capítulo que consiste em uma única letra romanizada.