FANDOM


Light Yagami

Light no mangá.

Light no anime.

TatsuyaFujiwaraasLightYagami.png

Light yagami drama.jpg

Aparições
Estreia no mangá:

Capítulo 1

Estreia no anime:

Episódio 1: Renascimento

Filme(s):

Death Note
Death Note: The Last Name
Death Note: L Change the WorLd (Mencionado)
Death Note: Light Up the NEW World

Jogo(s):

Death Note: Kira Game
Death Note: Successor to L

Outras mídias:

Full Metal Panic! The Second Raid (episódio 6)
Jump Super Stars
Jump Ultimate Stars

Informações gerais
T.C.C:

Stephen Loud (ステファン=ラウド, Sutefan Raudo)

Raça:

Humano

Gênero:

Masculino

Sangue:

A

Data de nascença:

28 de Fevereiro de 1986 (1989 no anime)

Data de óbito:

28 de Janeiro de 2010 (2013 no anime)

Idade:

17-18
23

Altura:

179 cm

Peso:

54 kg

Parentes:

Soichiro Yagami (Pai)
Sachiko Yagami (Mãe)
Sayu Yagami (Irmã caçula)
Misa Amane (Amante)

Ocupação:

Aluno da Escola Secundária de Daikoku Private Academy e Gamou Prep Academy Estudante universitário em To-Oh

Organização:

Força-Tarefa Japonesa

Informações estatísticas
Inteligência:
  • 9,5/10
Criatividade:
  • 10/10
Interesse:
  • 8/10
Iniciativa:
  • 10/10
Resistência emocional:
  • 10/10
Habilidades sociais:
  • 10/10
Elenco de voz
Seiyû:

Mamoru Miyano (宮野 真守, Miyano Mamoru)

Dublador(a):

José Leonardo


Isso mesmo, eu sou Kira! E o que você pode fazer? Me matar aqui? Vejam bem... eu não sou só Kira, eu também sou um Deus, sou o Deus do Novo Mundo! Kira se tornou a lei do mundo em que vivemos agora, é ele que mantém a ordem, eu me tornei a justiça, a única esperança da humanidade. Me matar? Seria mesmo a coisa certa a fazer? Desde o aparecimento do Kira a seis anos as guerras pararam e a taxa de crime mundial reduziu mais de 70%. Mas ainda não é o suficiente, o mundo ainda é podre... com muitas pessoas podres nele. Alguém tem que fazer isso! Quando eu recebi esse caderno a seis anos atrás eu sabia que tinha que fazer isso, não... eu era o único que poderia fazer isso, eu sabia que matar pessoas era crime, mas não havia outras maneira! O mundo tinha que ser consertado, esse foi o propósito que me deram! Só eu poderia fazer isso. Quem mais poderia fazer isso? Quem mais chegaria atê esse ponto?! Quem continuaria? O único, que pode criar um Novo Mundo... sou eu.
 Light Yagami 

Light Yagami (夜 神 月, Yagami Raito) é o principal protagonista da série Death Note. Depois de descobrir o Death Note, ele decide usá-lo para livrar o mundo dos criminosos. Seus milagres são eventualmente rotulados por pessoas do Japão como o trabalho de "Kira".

AparênciaEditar

Light Yagami tem o cabelo castanho e olhos castanhos. Ele tende a se vestir formalmente, e é geralmente usa roupas comuns, é visto vestindo seu uniforme de escola ou um terno. Ele é considerado muito bonito, uma característica notada pelas garotas.

Porém, em mídias como o Drama e musicais da Korea e um dos musicais do Japão, Light tem cabelos pretos e, no Drama, ele costuma usar roupas mais comuns.

PersonalidadeEditar

Light é caracterizado como trabalhador, talentoso, e um gênio natural. Light poderia constantemente prever todos os cenários possíveis que poderiam acontecer e planejar uma solução com antecedência, mesmo nas situações mais improvisadas. Seu único defeito é seu excesso de confiança em si mesmo e em sua crença de que ele nunca está errado. Ele está frustrado com a falta de justiça no mundo. Acreditando que o mundo esteja "podre", ele usa o seu Death Note como um meio pelo qual ele pode decretar a sua vontade para livrar o mundo de pessoas más. Principal objetivo da Light é a criação de um novo mundo que está livre de injustiça e preenchido apenas com pessoas honestas e gentis. Então, ele vai se tornar o "deus do novo mundo".

Light é decisivo e é conduzido para alcançar suas ambições, sem deixar de lado suas crenças. Apesar de manchar suas mãos com o sangue dos vermes (bandidos) que ele matou, esta ação extrema pode-se dizer, como resultado de sua determinação, imóvel.

Com o uso do Death Note, Light rapidamente começa a desenvolver uma natureza cruel e fria. Ele se torna completamente desprovido de amor, compaixão e misericórdia. Ele se vê como o único salvador legítimo da humanidade e que todas as suas ações são justificadas, não importa o quão desumano elas sejam. Ele é mostrado para até estar disposto a sacrificar sua própria família para alcançar seus objetivos.

Ao longo da série, Light está constantemente tentando fugir da suspeita de L e outros detetives enquanto ambos mantendo a sua identidade como "Kira", o nome derivado da pronúncia japonesa do Inglês palavra "assassino" (キラー, Kira) e limpeza do mundo do crime. O fato de que ele é inteligente também contribui para sua noção de que só ele é apto para julgar a humanidade e conduzi-la em um curso de moral adequada.

HistóriaEditar

Light cresceu no Japão com sua família, que consiste de seu pai, Soichiro Yagami, que é membro da Força-Tarefa Japonesa (uma equipe de investigação e oposição ao Kira), sua mãe, Sachiko Yagami, e sua irmã mais nova, Sayu Yagami.

Light estava no terceiro ano, é um estudante do ensino médio (2º ano) em Daikoku Private Academy e também frequenta as aulas suplementares em Academia de Preparação de Gamou no início da história. Mais tarde, ele faz faculdade na Universidade To-Oh (东 応 大学, Tōō Daigaku).

EnredoEditar

Encontro com o Death NoteEditar

Light encontra o Death Note.png

Light encontrando o Death Note.

No ano de 2006 (2003 no mangá), Light Yagami descobre um caderno misterioso no gramado em sua escola. Escrito na capa são as palavras "Death Note". As instruções do Death Note afirmam que se o nome de um ser humano escrito dentro dele, essa pessoa morrerá. Light é inicialmente é cético em relação a autenticidade do caderno, mas ele ainda assim o leva para casa e ao ligar a TV, ele vê um crime ao vivo acontecendo, onde um homem estava com reféns, o nome dele e seu rosto é mostrado na TV (fatos necessários para o uso do Death Note), então Light escreve seu nome e o criminoso morre de parada cardíaca, assim como o próprio caderno mencionou (se as causas da morte não forem especificada, o humano morre de parada cardíaca), mas Light ainda não estava acreditando, e resolve testá-lo em sua frente.

Enquanto ele voltava do curso, Light vê alguns homens tentando abusar de um mulher na rua e o líder deles diz seu nome, Light resolve matá-lo por um acidente e a morte acontece no mesmo horário e da mesma forma que ele colocou. Depois de colocar muito pensamento para saber se ele deve ou não continuar usando o caderno, ele verifica que ninguém mais será capaz de suportar o fardo de melhorar o mundo. Light então começa a pensar em punir criminosos e finalmente deixar o mundo um lugar melhor, começando assim a matar todos os criminosos de "parada cardíaca" para que assim, ele possa ser reconhecido e finalmente se tornar "o Deus do novo mundo".

Após cinco dias, Light se encontra com o anterior proprietário do Death Note, um Shinigami chamado Ryuk.

Ele explica suas razões para deixar cair o Death Note no mundo humano e quando é hora de Light morrer, ele vai ser o único a escrever o nome de Light no seu caderno. Light, então, diz que sua meta de se livrar de todas as pessoas más no mundo, e governar o mundo - como Deus. Ryuk responde dizendo "É apenas como eu pensava, os humanos são tão interessantes!".

LEditar

Vlcsnap-2014-01-08-14h03m03s13.png

Morte de Tailor.

Após as matanças de Light, a atenção do detetive L e da Força-Tarefa Japonesa foi acionada, Light é surpreendido pois ele já sabia disso, pelo seu pai ser um comissário adjunto (ou seja, ele tem informações policias em seu computador através de um acesso local), mas o detetive "L" aparece em rede nacional desfiando Kira (como Light passou a ser conhecido pela mídia), com seu nome e rosto aparecendo, "Lind L. Tailor" é morto, e um símbolo do "L" aparece com uma voz robótica dizendo que Lind. L Tailor era um criminoso que estava prestes a ir a execução, porém se ele fingisse ser L na TV, ele seria perdoado, e outro fato é que a transmissão, na verdade, estava sendo transmitida apenas em Kanto, e não no Japão inteiro, além de que L chegou a conclusão que Kira só pode matar com um nome e um rosto, além de que ele não precisa estar no local da morte, terminando a transmissão.

Os agentes do FBIEditar

Logo depois, agora trabalhando com a polícia japonesa, L começa a liderar a força-tarefa junto com o próprio pai de Light, Soichiro, a fim de expor e capturar Kira. Quando Light caminhava para casa da escola, Ryuk diz que ele não é nem de seu lado ou do lado do L. No entanto, Ryuk sente que deve dizer á Light que durante nos últimos dias, tem um homem seguindo ele.

Light fica surpreso, mas sente que o investigador não sabe que ele é Kira. Ainda assim, Light está determinado a descobrir o nome do homem, sem olhar muito desconfiado. Ryuk diz á Light sobre uma troca que pode ser feita. O Shinigami recebe vida extra de matar seres humanos com um Death Note, que é por isso que um Shinigami pode viver por muitos anos e não pode ser morto de qualquer outra maneira. No entanto, Shinigami são apáticos quando se trata de o mundo humano, e eles às vezes se esqueça de anotar os nomes ao longo dos séculos.

Então, Ryuk explica a Light que o Shinigami tem olhos que lhes permitem ver o nome e a vida restante de qualquer homem sobre sua cabeça. Além disso, um Shinigami pode fazer um acordo com o proprietário do Death Note para receber os "Olhos de Shinigami" em troca de metade do tempo de vida desse ser humano. Ryuk menciona que ele pode ver a vida útil de Light, mas não vai dizer-lhe quantos anos ele tem pois ele não quer ajudar ninguém. Ryuk se oferece para fazer um acordo com a Light para os "Olhos de Shinigami". Light recusa o acordo, afirmando que ele precisa viver muitos anos, a fim de governar o seu mundo novo. De repente, light tem uma ideia sobre como descobrir o nome do agente do FBI.

Ele decide usar seus criminosos, a fim de descobrir o quão específico os detalhes da morte podem ser. Após testá-los, Light planeja ir em um ônibus em uma data específica junto a Yuri, uma amiga de Light. Então, Light escreve como um criminosos específico vai agir e de manhã, ele e Yuri saem. Logo depois de entrarem no ônibus, o agente que o seguia entrou também e o criminoso também embarca no ônibus. O homem saca uma arma e aponta para o motorista, levando o refém. O motorista do ônibus é obrigado a chamar Space Land (o parque de diversões que o ônibus estava indo) e relatar a situação.

O motorista do ônibus, explica que ele está sendo mantido de refém com uma arma e o telefone é passado ao criminoso que pede para já começarem a esvaziar o caixa.Então Light começa a trocar bilhetes com Yuri e o agente percebe que ele, provavelmente não era Kira, e resolve tentar ajudar Light, dizendo que eles vão tentar pegar a arma do assaltante, porém Light pede uma confirmação para o agente, e ele o mostra sua carteira do FBI, seu nome - Raye Penber. Então Light acidentalmente deixa um papel cair no chão e o criminoso pega e percebe o plano deles e começa a rir, então ele vê Ryuk (que percebe que a folha que Light deixou cair era do Death Note) e o homem começa a atirar nele (sem sucesso) e pede para pararem o ônibus, então ao sair, o criminosos morre atropelado e Raye vai embora.

De volta à casa da Light, Ryuk pergunta se ele vai escrever o nome de Penber no Death Note. Light diz que eles ficariam muito desconfiados se o fizer imediatamente depois de se conhecerem. Além disso, ele quer Penber para mostrar a ele os nomes e rostos de cada agente do FBI enviado para investigar o Kira. Em 27 de dezembro de 2006 (2003 no mangá), Light vai para uma seção subterrânea da estação de Shinjuku.

Ryuk pede Light para dizer o que ele pretende fazer, e Light diz que ele vai mostrar-lhe os resultados dos experimentos que ele fez nos últimos seis dias. Light revela que ele tem experimentado com o Death Note e tem encontrado várias novas maneiras de matar. Ele descobriu que ele pode escrever a data e causa da morte no Death Note, sem um nome, e o Death Note vai funcionar quando o nome é adicionado mais tarde. Às 3:00 da Tarde, enquanto usava um capuz para ocultar sua identidade, Light detém Penber como refém em uma seção subterrânea da estação de Shinjuku. Ele aparece atrás de Penber (sem saber que é light) e diz que ele é Kira, então instrui-lo a não se virar. Light diz que ele vai provar a sua identidade matando Yonegoro Nusumi, um funcionário de uma loja chamada "Cafeel" com um ataque cardíaco.

O funcionário da loja morre, e Light explica a Penber que Nusumi havia estuprado mulheres, mas escapou de uma condenação judicial, devido à falta de provas. Light diz então diz que ele está purificando o mundo e diz que ele acredita L já disse Penber que ele não pode matar sem um nome e um rosto, e Light diz que ele pode matar alguém nesta estação. O mesmo pede á Penber se ele precisa provar sua identidade, e Penber responde que acredita que o homem é Kira.

Light diz para Penber que ele fez uma verificação de antecedentes sobre sua família. Light ameaça Penber , afirmando que o não cumprimento levaria a sua morte, e a morte de seu amor, e as mortes de sua família.

Ele então pergunta se ele está carregando um laptop, e se Penber tem um arquivo contendo os nomes de todos os agentes do FBI no Japão. Penber diz que ele não tem um arquivo assim, e Light lhe entrega um envelope. Ele diz Penber para agarrar o envelope, tirar o transmissor e colocar os fones de ouvido. Ao longo da transmissão, Light leva Penber através atê uma entrada ocidental às 3:11.

Ele diz para ele não olhar ao redor quando ele entra no trem. Então ele ordena a Penber para se sentar perto de uma janela e esperar para sentar neça, se não haver nenhuma disponível. Penber entra em um trem na Linha Yamanote em 3:13 da tarde.

Penber se senta no trem e Light diz a ele para responder a uma pergunta, e não mentir, ou então ele vai matar sua noiva. Light pergunta quantos agentes do FBI há, e Penber diz que ele acha que são quatro grupos, totalizando doze. Light diz para ligar para um agente que é classificado como o cargo mais baixo do que ele, e pedir os nomes e os rostos de todos os agentes enviados para o Japão. Então Light com os fones ouve a conversa.

Penber usa o seu telefone celular e chama um agente, e , em seguida, pede-lhe para o nome e as caras dos agentes. O agente pede Penber por que ele não pede seu comandante, e Light diz Penber dizer que a conexão entre os computadores é ruim, e que seria melhor usar alguém com uma conexão melhor. Penber recebe o arquivo do FBI em 3:21 da tarde, e Penber diz ser o segundo agente do FBI que recebe isso. Light diz para Penber tomar o conteúdo da pasta que ele lhe deu, e Penber tira quatro envelopes com dez espaços retangulares cortadas do lado esquerdo de cada um. Light diz para anotar os nomes dos agentes nos blocos nas pastas.

Vlcsnap-2013-12-04-14h49m19s107.png

Penber prestes a morrer.

Quando Penber termina de  escrever, Light diz para ele não sair do trem quando ele terminar seu ciclo, e que se ele seguir suas instruções sua noiva e família não serão mortos. Quando Penber termina, Light diz para colocar o transmissor e envelope de volta para a pasta e sentar-se em silêncio por 30 minutos, em seguida, coloque o envelope acima na prateleira e deixar o trem em que ninguém vai notar. Às 04:42 da Tarde, Penber morre de um ataque cardíaco três segundos após ele sair do trem, e sua última visão é do rosto de Light. Penber parece chocado como ele olha para o rosto de light que diz: "Light Yagami." Light vendo Penber morrer, diz: "Adeus, Raye Penber".

Então, Ryuk percebe que as notas que Raye Penber escreveu eram páginas do Death Note e assim ele havia matado de forma simultânea todos os agentes do FBI no Japão.

Naomi MisoraEditar

Light então, uma semana após a morte de Penber, vai a delegacia onde seu pai deveria estar para lhe entregar umas coisas e vê uma mulher conversando com os secretários, dizendo que tinha informações cruciais sobre o caso Kira, então Light formalmente se apresenta a ela e diz que eles não podem atender, nem mesmo o celular de seu pai estava ligado, então ele a convida para dar uma volta e tenta descobrir quem é ela, e o que ele tem de tão importante, ela então diz seu nome Shoko Maki e Light disfarçadamente coloca seu nome em uma das páginas do Death Note (já que ele funciona mesmo com uma página retirada do caderno) e escreve sua morte, porém nada acontece e Ryuk ri histericamente, Light então percebe que era um nome falso e tenta conversar ainda mais com ela, atê que ela diz saber que Kira pode manipular a causa da morte e que ela sabe que Kira estava no ônibus da Space Land, Light sem escolha começa a ficar nervoso com a situação e que se ele a deixá-se, não iria demorar a incriminar Light.

Então ele diz a Shoko Maki que ele estava na investigação e que era um dos membros da força-tarefa, dizendo que eles nunca a deixariam entrar a não ser que ela tivesse a recomendação pessoal de um dos agentes, Light então diz que quer que ela entre na investigação e para isso ela precisaria de uma identificação pessoal, Shoko então assume que esse era um nome falso e diz que seu verdadeiro nome é Naomi Misora, Light então escreve sua morte como "suicídio" e especifica os detalhes, então após o telefone de seu pai voltar, Naomi se mata.

Conhecendo L pessoalmenteEditar

Depois de suas primeiras suspeitas de Light, e para levar sua investigação para o próximo estágio, L decide se matricular na Universidade To-Oh (東 応 大学, Tōō Daigaku) - a mesma faculdade que Light frequenta - usando o conhecido do nome de um cantor e ator popular, Hideki Ryuuga. L atende a-Oh porque ele se sente confiante em suas habilidades de raciocínio e interrogatório e deseja testar sua teoria sobre a identidade escondida da Light, confrontando-o e talvez provocando ou enganando-o para admitir que ele é realmente Kira. Ele pretende dizer à Kight que ele pode "ir para a ofensiva". L está bem ciente de que isso é algo de uma aposta e sabe muito bem que seu ato de confronto direto pode ser fatal, mas como ele está convencido de que ele compreende o processo de pensamento de Light, ele se sente confiante de que o adversário ainda não vai arriscar revelar sua identidade secreta matando-o.

Durante a faculdade eles se aproximam um pouco e L pede a Light para, se quiser, entrar na força-tarefa Japonesa para ajudar a pegar Kira. Light primeiramente pensa em usar isso ao seu favor, e após seu pai ter um ataque cardíaco por excesso de trabalho (no qual não o matou), Light resolve ajudar.

O segundo KiraEditar

Em Abril de 2007 (2004 no mangá), a Sakura TV diz que Kira enviou fitas afirmando para pararem de caçá-lo, ou então, Kira vai matar policiais e repórteres, e depois exige que a pessoa encarregada da investigação Kira se entregasse, L. "Kira", diz que vai continuar matando assim de quatro em quatro dias, pedindo para L mostrar o rosto, não há requisitos especiais. "Kira" diz que ele vai verificar se a pessoa na notícia é L, e se for decidido que ele não é, Kira vai tirar a vida de vários policiais como compensação. "Kira" diz para não mentir porque ele não deseja matar aqueles sem pecado, e diz para pensar cuidadosamente nos próximos quatro dias.

Light Yagami vê a transmissão e ri, junto a Ryuk. Light pergunta a ele se este é o trabalho de outro Shinigami, e Ryuk diz que provavelmente é. Light responde positivamente à ideia de que o dono do Death Note é favorável aos seus ideais, então diz que ele é o único que sabe que esta "segundo" Kira é falso. Light decide que ele precisa encontrar uma maneira de usar este novo Kira para sua vantagem, então diz que a ele provavelmente tem os olhos Shinigami baseado em como a pessoa matou os policiais sem saber seus nomes, e é, portanto, mais poderoso. Light decide que ele pode usar o novo Kira para provar sua própria inocência e se livrar de L ao mesmo tempo, e depois afirma que as ações do novo Kira também têm prejudicado a reputação dele, e se ele é pego pela polícia, pode Ser preocupante para a Light. Ele diz que o melhor curso de ação para ele tomar é encontrar uma maneira de entrar na Força-Tarefa para que ele possa manter um olho em L e no "segundo" Kira, e que deve ser simples porque L não rejeitou a ele na Força-Tarefa anteriormente. Light afirma que se o novo Kira nunca mexe, ele pode simplesmente matá-lo e tomar seu caderno antes que L perceba, embora seria favorável se o novo Kira matasse L em quatro dias. Light decide encontrar uma maneira de entrar em contato com o segundo Kira sem revelar sua identidade, a fim de tomar o controle dele.

L manda Soichiro chamar Light e dizer-lhe para vir imediatamente, perguntando se ele concorda em se juntar a eles. Light chega ao hotel e parece surpreso com o pequeno tamanho da força-tarefa, e L diz à Light que há alguns estranhos que sabem o que acontece dentro da investigação e só um pode entrar em contato diretamente com L. Light pensa consigo mesmo que se todos na força-tarefa morrerem, pode dar certo, mas se apenas um morrer, o assassino é revelado. Portanto, ele deve descobrir quem é o estranho com a informação. Light é mandado para olhar os papéis da investigação e os que então prestar atenção à fita sem tomar notas ou remover qualquer coisa. Enquanto Light observa as fitas, ele começa a pensar que quer vomitar, e se pergunta se é porque ele é o verdadeiro Kira. Depois de assistir as fitas, Light diz que pode haver alguém com habilidades de Kira, citando a diferença entre os criminosos mortos, bem como o fato de que alguns foram mortos imediatamente depois de revelar seus rostos.

L revela que ele chegou à mesma conclusão, e Light pergunta se L estava testando ele. L nega que ele era e diz a Light que ele era o único que pensava que poderia haver um outro Kira, e precisava de Light para pensar a mesma idéia sem a sua opinião. Light percebe que L teria dito a ele seu plano, independentemente do que ele disse a L e que ele configurou as coisas para que se Light não dissesse que havia outro Kira, ele ficaria suspeito e, se o fizesse, ele ajudaria a provar que a teoria de L para Light. L pede que Light ajude seu caso fingindo ser Kira e disse a ele que só Light é capaz de desempenhar esse papel, começando por escrever um rascunho para o discurso como Kira. Quando a Light passa, ele pergunta a L se seu rascunho é bom, e L diz que é, mas se ele não remover a parte sobre ele sendo bom matar L, ele morrerá. Light ri e diz que ele estava brincando, acrescentando que é bom para removê-lo, e L dá o projeto para Aizawa para cuidar dele. Mais tarde, a fita é criada e enviada para várias estações de TV. O Segundo Kira responde com vídeos que contêm comentários indiretos, e alguns bastante diretos sobre Death Notes, Shinigami, e como eles podem se encontrar. Light vai para Aoyama para encontrar o segundo Kira, mas ele é incapaz de atender a este Kira. No entanto, devido ao Segundo Kira ter os Olhos de Shinigami, o segundo Kira é capaz de identificar Light como Kira devido a ser incapaz de ver o tempo de vida de Light.

Depois de descobrir seu endereço, o segundo Kira chega à casa de Light, dizendo a sua mãe e irmã que ela tem seu caderno. Light convida Misa Amane para seu quarto e pede Misa para explicar suas ações. Misa diz que queria conhecer Kira porque seus pais foram assassinados na frente dela de uma forma brutal, e Kira matou o homem que fez isso. Misa pede para ser sua namorada e parceira, admitindo que ela nem se importaria se ele simplesmente a usasse. Light concorda, pretendendo matá-la depois dela não ser mas útil. No entanto, o Shinigami de Misa, Rem, promete matá-lo se ele prejudicar Misa.

PresoEditar

Vlcsnap-2013-11-28-17h14m33s140.png

Light sobre a vigilância de L para descobrir se ele é mesmo o Kira.

As ações imprudentes de Misa colocaram tanto ela quanto Light em perigo, permitindo assim L para finalmente encurralar Kira. Durante um encontro de Light e Misa na faculdade, L aparece e se apresenta a Misa, e após ela ir embora, L diz a Light que Misa foi presa por suspeita de ser o segundo Kira, já que acharam vestígios dela nas fitas. Light decide manipular Rem e então ele coloca seu plano em ação. Ele dá-se temporariamente seu Death Note para Ryuk, apagando suas memórias sobre seu tempo como Kira, então ele pega o Death Note da Misa (o qual ela tinha perdido a posse enquanto presa), e Light o esconde, mas antes passa a posse do Death Note da Misa/Rem para Ryuk, enquanto o Death Note que ele usava, foi instruído a Rem de dar ele para a alguém ganancioso que quer status, e antes que Rem fosse embora, Light pede a Ryuk para escrever duas regras falsas na contra capa do caderno, sendo uma delas que a pessoa morre se parar de escrever os nomes dentro de treze dias e que o Death Note nunca pode destruir. Então, Rem vai embora e Light diz a Ryuk que ao ouvir as palavras "me livro dele", é porque Light não quer ficar na posse do Death Note, e Ryuk aceita, então, Light diz a L que "pode ser o Kira", acreditando que ele pode matar inconscientemente, e que queria que L também o prendesse, e que independente do que Light dissesse, não era para L o soltar atê que um criminosos morra.

Soichiro também entra nessa e os três (Light, Misa e Soichiro) são presos para testar se eles são Kira, após uma semana, criminosos começam a morrer e 40 dias depois, L decide que tem um plano para comprovar a inocência de Light e Misa. Então o pai de Light diz estar levando os dois para execução, dizendo que já descobriram que eles são Kira, Light e Misa começam a discutir e chorar implorando que eles não são. Então Soichiro para o carro embaixo de uma ponte e diz que vai matar Light e depois se matar, apontando uma arma pra sua cabeça e fingindo atirar, porém, eram balas de festim, e L comprova, já que os Kiras não exitariam em matar o próprio pai/sogro. Light e Misa agora estão fora de vigilância e sem as memórias e o próprio Death Note.

YotsubaEditar

Rem, sob a instrução feita por Light para encontrar alguém que iria usar o caderno por meios egoístas, encontra Kyosuke Higuchi da Yotsuba Corporation. Agora desconhecem o fato de que ele era o Kira original Light aceita a oferta de L para se juntar à equipe de investigação para caçar Higuchi, que assumiu o manto de Kira. Durante a investigação da Yotsuba, Light trabalha sob o pseudônimo de "Light Asahi". Quando Higuchi é finalmente capturado, ele toca o Death Note, recuperando suas memórias de ser o Kira original. Em seguida, ele mata Higuchi, usando o papel Death Note escondido em seu relógio para se tornar efetivamente o proprietário do caderno novo. L e a força-tarefa agora estão investigando o caderno que inicialmente era de Light e Rem estava também junto a eles.

A morte de LEditar

Vlcsnap-2013-12-04-14h55m27s202.png

A morte de L.

Mais tarde, ele é capaz de colocar em perigo Misa novamente por tê-la obrigado a agir como Kira em seu lugar, o que levou Rem matar tanto Watari, mas também L para assim, Rem salvar Misa. Logo após a morte de L, Light é nomeado pela força-tarefa (que não sabe que ele é Kira) para agir como L, e decidiram não revelar publicamente a morte de L. Depois de vencer a batalha com L, Light ganhou o controle da equipe de investigação Kira. Isso coloca-o mais seguro como o seu papel como uma segunda geração L, cobrindo sua identidade como Kira.

Nos próximos cinco anos, Light começou a agir mais e a vontade de Kira era absoluta, agora Kira era definitivamente a justiça e vários países atê pararam de ir contra ele.

Mello e NearEditar

Na idade de 23 anos, Light junta a Polícia de Departamento de Inteligência japonês, a fim de ter um melhor acesso à informação da polícia.

Near e Mello, os "verdadeiros sucessores de L" eventualmente aparecer diante dele, tentando realizar o que eu não podia: expor a verdadeira identidade de Kira e trazê-lo à justiça. Near junta a Provisão Especial para Kira, em inglês Special Provision for Kira (ou o SPK) para ajudar em sua captura, e Mello decide usar a máfia para a sua investigação.

Por causa de inescrupulosos métodos de Mello, criminais, perto de Light, sem saber que o último é Kira. Mello é capaz de chegar no ponto de pegar o caderno longe de Light, mas os esforços combinados de Light e Near permitiu que recuperassem o Death Note com o custo de vida de seu pai (que Light viria a explicar ter sido um sacrifício necessário). Uma vez perto percebe que a Light foi responsável pela falta de progresso no caso como o novo L, Near começa a suspeitar que Light pode na verdade pode ser Kira.

Por tanto ele, quanto Misa estarem sob suspeitas novamente, e dessa vez com Aizawa também querendo suspeitar de Light, sem escolhas, Misa perde novamente a posse do caderno o passando a Teru Mikami, atuando como um novo Kira, Light formula um plano para eliminar não só Near mas os membros sobreviventes da força-tarefa e a SPK. Near, da mesma forma, faz seu próprio plano para finalmente expor Light como Kira. No entanto, Mello interfere e consegue fazer com que Mikami cometa um erro, quebrando os planos da Light e o pior, sem Light saber que Mikami havia cometido esse erro crucial.

Light, Mikami, a SPK e da força-tarefa todos eventualmente se encontram no armazém Caixa Amarela, onde Near usa Mikami para expor Light como Kira. Depois de confessar e tentar justificar suas ações para as pessoas com a tarefa de capturá-lo, Light tenta matar Near com o recorte do Death Note escondido em seu relógio, porém ele é atacado com o revolver de Touta Matsuda, um membro da força-tarefa.

MorteEditar

Sua morte no último episódio do anime foi primeiramente causada por levar tiros de Matsuda, seu parceiro de equipe, quando tenta matar Near ao descobrirem que Light realmente é o Kira. Propositalmente Near e sua equipe deixam Light escapar por estar sangrando muito e estar à beira da morte. Mas sua real morte foi causada por Ryuk ao escrever o nome em seu caderno por estar cansado de esperar sua morte. Como ele mesmo disse no primeiro episódio do anime que sua morte seria causada ao escrever seu nome no seu próprio Death Note.

MangáEditar

Na versão mangá, Light fica incapacitado física e mentalmente. Ele grita para Mikami anotar os nomes de todos os presentes, mas Mikami responde perguntando como ele deve matá-los com um caderno falso. Isto traz Mikami à conclusão de que Light não é "Deus".

Ele torna-se cada vez mais perturbado e começa a pedir ajuda de Misa, apenas para ser informado por Aizawa que ela não está aqui. Ele então pede para Takada e é dito que ela está morta. Em completo desespero, Light pede Ryuuku para ajudá-lo, matando todos na sala, mas Ryuk lembra do que havia falado que não está em nenhum dos lados. Ryuk cumpre sua promessa desde o início: ele escreve "Light Yagami" (Yagami Raito em Japonês) em seu Death Note, e Light inutilmente pede Ryuuku para reverter o processo. Ele começa a entrar em pânico, repetindo em sua cabeça "Eu não quero morrer", antes que o Death Note, finalmente, tenha efeito matando-o.

AnimeEditar

Light morto.jpg

Light Morto no Anime.

Na versão anime, Mikami se suicida, criando uma distração, tanto para a força-tarefa e tanto para a SPK. Apesar de enfraquecido, Light pega um segundo fôlego e consegue fugir do depósito. Near diz a Aizawa, Mogi Kanzo, Hideki Ide e Matsuda que não há razão para prosseguir Light, uma vez que não deve haver mais pedaços do Death Note escondidos em Light e com essas feridas, iria impedi-lo de ficar longe. Aizawa se recusa as ordens de Near e corre para tentar pega-lo. Enquanto isso, Ryuk escreve o nome de Light quando este encontra outro armazém para se esconder dentro. Light morre em silêncio, uma ilusão de L aparece, refletindo uma cena após a derrota L nas mãos de Light no episódio 25.

No final do Death Note Relight 2: Sucessores de L, Aizawa e Matsuda ficam surpresos ao entrar no armazém onde, provavelmente, Light estava, suas expressões de choque implicam que eles viram o corpo de Light ou se eles realmente chegaram a encontrá-lo.

FilmesEditar

Nos filmes, Light morre de uma maneira diferente, após criar um plano similar ao do anime, ele sozinho tenta matar a Força-Tarefa com o caderno (incluindo seu pai ainda vivo), porém, L que estava, ao que parece, morto; Re-aparece no local e diz que ele não morreu pois antes de Rem tentar matá-lo, ele escreveu o seu nome e o de Watari no caderno para que eles morram em 29 dias. Light entra em desespero e tenta matá-los com o caderno, mas L revela que ele era falso e que L havia modificado, então Light se desespera e pede Ryuk para matá-los, e ele começa a rir e escrever os nomes no Death Note enquanto os membros da Força-Tarefa começam a atirar neles, sem efeito, porém, logo Ryuk mostra que ele escreveu o nome de Light e o mesmo morre nos braços do pai.

DramaEditar

Light drama.png

Light, Near, Mikami, a polícia e a Força-Tarefa Japonesa.

Após seguir quase que exatamente como no anime, Light dá a ordem de Misa que depois do show, ela escreve-se os nomes dos membros da Força-Tarefa em uma folha do Death Note enquanto Mikami fizesse a mesma troca que ele fez no anime, então, Light recebe a localização de Mello e ele e a Força-Tarefa e a polícia Japonesa se dirigiram ao local, então Light ouve tiros e vê um guarda tentando fugir, com receio de ser Mello disfarçado, ele e Mikami vão atê ele e Mello se revela e diz: "Assim está bom? Near?!". Então Near volta ao normal (sua personalidade reaparece no seu corpo) e ela começa a dizer todas as provas contra Light, que sempre repreende, então Mikami escreve o nome dela (Nate River), e espera os 40 segundos, Light também diz "É Near... parece que eu venci!" e ela não morre, então seu plano é explicado, dizendo que Mello nunca havia a possuído e o sequestro de Sayu era tudo armação, então a policia e a Força-Tarefa entra lá e cercam Light e Mikami, após o discurso de Light, ele (ao que parece) convence alguns policiais, então ele aproveita e tenta escrever o nome de Near no caderno, porém em um único tiro, Matsuda derruba o caderno e o relógio de Light (que tinha um pedaço do caderno), então Mogi e Aizawa também atiram em Light e Mikami, em um momento de raiva, toma de Near o Death Note real e leva um tiro no braço de um dos policiais, em mais uma tentativa desesperada, Light os distrai e Mikami derruba os galões de gasolina ali presentes e incendeia o local, porém Light é o único que não consegue sair e fica lá dentro com Rem e Ryuk, ele vê um dos cadernos se queimando e começa a se rastejar sofridamente ao seu caderno, enquanto dizia que sua motivação, força de vontade nunca vai parar de existir sem o caderno, após ficar repetindo isso a Ryuk, ele pega o caderno que começa a ficar em chamas e Light se queima junto ao Death Note, morrendo tragicamente.

Nas outras mídiasEditar

FilmesEditar

Death NoteEditar

No filme, algumas mudanças foram feitas em Light. No início do filme, Light é um estudante universitário de primeiro ano estudando direito ao invés de ainda ser um gênio do ensino médio como no início do mangá e anime. Os motivos da Light diferem; Seu traço de tédio não existe, e ele usa o caderno de Morte por frustração das falhas percebidas do sistema de justiça japonês. Light, antes de sua descoberta do Death Note, ele invade a base de dados do governo e descobre que o governo secretamente reconhece que muitos criminosos não podem ser processados. Light descobre a Death Note em um beco durante uma noite chuvosa depois de encontrar Takuo Shibuimaru em um clube e lançar um livro de lei na chuva em um momento de raiva. Light encontra Ryuk depois de matar Shibuimaru. Outra mudança é que Light tem uma namorada, Shiori Akino, que frequenta sua universidade. Light mata Shiori no final do primeiro filme para ganhar simpatia de L usando Naomi Misora, que ele também mata.

Death Note: The Last NameEditar

Depois que Rem "mata" L e Watari, Light escreve o nome de seu pai numa tentativa de matá-lo, uma tentativa que finalmente fracassa. As terminações do segundo filme e do mangá são semelhantes. No segundo filme, depois de ser exposto como Kira, Light pede a Ryuk para escrever os nomes dos membros da equipe no livro durante o clímax. A polícia dispara, mas não mata Ryuk como ele escreve na Death Note. Light ri até que Ryuk mostra a Light que seu nome foi escrito no caderno. Light tenta parar Ryuk, passando pelo Shinigami. Light morre nos braços de seu pai, implorando-lhe para acreditar que ele agiu como Kira para colocar a justiça em prática: a justiça, que Soichiro Yagami ensinou a Light desde a infância. O filme conclui um ano depois no aniversário de Light. Sayu pega Soichiro e diz que Kira ajudou a reduzir as taxas de criminalidade. No entanto, ela diz que não suporta como Light foi morto por Kira (que é o que Soichiro lhe disse).

Death Note (Drama)Editar

Light recebe grandes mudanças de caráter no drama japonês. No início da série, Light é um estudante universitário do ensino médio que trabalha a tempo parcial em um pub. Light deseja se tornar um funcionário público e evita a ideia de se tornar um policial. Ele também é um fã de Misa Amane, e ele frequenta regularmente seus shows. Ele é muito mais propenso a explosões emocionais em comparação com o seu homólogo manga, muitas vezes chorando quando ele se sente acorrentado por L.

Devido ao seu nível de inteligência diminuído, Light provou ser muito menos competente como Kira do que seus outros homólogos. Por exemplo, em vez de extrair dados sobre a Investigação de Kira do computador de seu pai, Light apenas pergunta a Matsuda ou a seu pai sobre detalhes relativos a L e a investigação. Seu plano de matar Raye Penber e os agentes do FBI também era ruim quando descobrem seu plano.

CuriosidadesEditar

7 - Copy.png

As posições crucificadas de Light.

  • Light é retratado em uma posição crucificada na 12ª e última capa de mangá. Esta posição é imitada por Light durante a segunda sequência final no anime e novamente quando ele é retratado como uma figura secreta de Nendoroid para a linha de mercadoria do arquivo de caso de morte. Esta posição se conecta ao desejo da Light de ser uma figura messiânica da raça humana similar ao Messias Cristão, Jesus Cristo.
  • Em Death Note Relight 1: A Versão do Shinigami, um Shinigami sem nome aparece no Mundo dos Shinigamis. Este novo Shinigami pergunta aos outros onde está o Shinigami Rogue (trapaceiro, canalha, traidor, dentre outro vários significados em inglês) chamado Ryuk. Alguns membros da base de fãs acreditam que este Shinigami não identificado é a reencarnação de Light Yagami (mais informações sobre isso podem ser visualizadas na página Mitos ou na Teoria da Reencarnação de Light no Death Note Fanon Wiki).
  • No mangá, Light cita a Ryuk que após começar a usar o Death Note, ele começou a ter pesadelos e dificuldade para dormir, além de ter perdido 4KG, talvez pelo peso em sua consciência de ter matado tantas pessoas em cinco dias, fazendo com que isso tenha alterado sua performance física e mental.
  • No anime, certos personagens assumem cores de cabelo estilizado enquanto o espectador ouve seus pensamentos; A cor de Light é vermelha.
  • O nome "Yagami" significa literalmente "Night God", ou "Deus da Noite" em português.
  • Light é um dos personagens do Death Note que foram feitos em figuras de Nendoroid. A de Light Nendoroid vem com o pequeno caderno e uma pena que prende e três faces: uma cara de riso, uma cara irritada, e uma cara normal.
  • O nome de Light, geralmente, é visto e ele é chamado pelos fãs (alguns deles) como Raito, e eles discutem qual é o mais certo a se chamar o protagonista. A verdade é que Light e Raito ficam a critério dos fãs e eles escolhem como chamá-lo, indo de um em um, pois Light seria o original, falado no anime (em todas as dublagens) e no mangá, porém, aos fãs que viram o anime legendado, se depararam na legenda o protagonista sendo chamado de "Raito", pois Raito é a forma que soa "Light" em japonês, um outro exemplo disso é Ryuk, que soa em japonês "Ryuuku", então ambas as formas são corretas, porém a "Light" é a original.

GaleriaEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória