FANDOM


Theshi10.jpg

Mundo dos Deuses da Morte ou Mundo dos Shinigamis é onde os Deuses da Morte, ou Shinigamis geralmente vivem e habitam ao longo de sua existência. Este lugar tem uma conexão com o Mundo Humano, pela qual os Deuses da Morte são capazes de viajar e permanecer enquanto seus Death Note estão em posse de algum humano.

GeografiaEditar

Este mundo é escuro e parece sem vida pelos padrões humanos. As plantas nunca são vista por ali, embora existam, por exemplo, Ryuk uma vez trouxe uma maçã para o Mundo Humano. Os seres sencientes que não sejam Deuses da Morte não parecem existir lá.

O território inclui paisagens diferentes e não tem edifícios parecidos com os feitos por humanos. Os Deuses da Morte tendem a se reunir em áreas com osso e/ou estruturas de pedra. Existem também várias áreas com correntes, mais visivelmente a caverna do Rei da Morte, onde há centenas de correntes com ganchos na ponta. Há pelo menos uma estrutura de montanha ou caverna onde Ryuk vive, que é mostrada, em especial, no One-Shot do anime. Essa estrutura poderia também ser onde reside o Rei da Morte.[1]

O reino está rodeado por desertos que tem vários objetos estranhos. As esferas, em forma de esferas concêntricas, são desarrumadas sobre a superfície. Esses artefatos tem aberturas que permitem aos Deuses da Morte verem de qualquer lugar o mundo dos humanos a partir de uma visão panorâmica. Estes objetos estranhos são o que permitem que Deuses da Morte tirem vidas humanas com um Death Note sem viajar para a terra. Quando ou como os objetos foram criados é atualmente desconhecido.

ReferênciasEditar

  1. Está é uma referência de Death Note One-Shot Special.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória